Fundos
TURISMO
FIIFT – Fundo de Investimento Imobiliário Fechado Turístico

Objetivo
Reforçar a capacidade financeira das empresas através da aquisição de imóveis afetos à atividade turística, que se constituam como empreendimentos turísticos ou onde se desenvolvam atividades de animação turística, para subsequente arrendamento à mesma empresa ou a terceiro, normalmente acompanhada de opção de compra desses mesmos imóveis pelas empresas arrendatárias.

Participantes

Turismo de Portugal – 70%70%
70%
Caixa Geral de Depósitos – 23%23%
23%
Novo Banco – 7%7%
7%

Política de Investimento

A política de investimento do FIIFT está orientada para a aquisição de imóveis afetos à atividade turística para efeitos de arrendamento, tais como:

  1. de animação turística com carácter inovador;
  2. hoteleiros e de animação turística que envolvam a recuperação de património arquitetónico histórico e cultural;
  3. hoteleiros que necessitem de modernização e redimensionamento;
  4. turísticos que envolvam a recuperação de imóveis não concluídos, cujas obras se encontrem paradas há mais de cinco anos e que constituam fator de degradação ambiental.

Os imóveis a adquirir pelo FIIFT podem ser prédios urbanos ou frações autónomas, podendo ser integrados no FIIFT em direito de propriedade, direito de superfície ou outros direitos de conteúdo equivalente.
A política de investimento do FIIFT, em termos geográficos, incidirá em todo o território nacional e estados da União Europeia

Portfólio

Imóveis disponíveis para venda ou arrendamento:

Imóveis arrendados:

Hotel Villa Garden Braga

Hotel
Braga

Hotel Cristal Caldas

Hotel
Caldas Da Rainha

Hotel Castelo de Vide

Hotel
Castelo De Vide

Hotel D. Luís

Hotel
Coimbra

The Prime Évora

Hotel
Evora

Omid Saldanha Hotel

Hotel
Lisboa

Palácio da Lousã

Hotel
Lousã

Hotel Cristal Vieira Praia & SPA

Hotel
Marinha Grande

Hotel Cristal Praia Resort & SPA

Hotel
Marinha Grande

Casa Anexa Pousada de Óbidos

Hotel
Óbidos

Hotel Martinhal

Hotel
Vila Do Bispo