Apresentação da Turismo Fundos

Missão

Contribuir para as políticas públicas visando o fortalecimento da competitividade do turismo nacional, intervindo sobre a componente imobiliária das empresas do sector.

Visão

Tornar a Turismo Fundos uma empresa de referência na indústria de Fundos de Investimento Imobiliário em Portugal.

Política

  • Melhorar a competitividade e a produtividade de empresas com potencial de valorização, através do seu robustecimento financeiro.
  • Contribuir para a inovação e a diferenciação no sector do turismo, viabilizando o desenvolvimento de novos produtos, segmentos e mercados.
  • Facilitar a concretização das políticas e estratégia definidas para o sector do Turismo, nomeadamente no quadro do Plano Estratégico Nacional do Turismo – PENT.
  • Preservar e desenvolver o valor do capital sob gestão, de modo a assegurar a capacidade de intervenção futura.

Linhas de orientação estratégica


  1. Promover uma política de investimentos, no contexto de apoio público às empresas, alinhada com a estratégia definida para o setor do turismo, prosseguindo, nomeadamente, uma política ativa de seleção de projetos inovadores que contribuam para a valorização do património e para o desenvolvimento e sustentabilidade das empresas e do setor.
  2. Promover uma política de investimento focada no preenchimento de falhas de mercado através, nomeadamente, da indução da desconcentração geográfica e temporal da procura, da diversificação de produtos e da criação de valor, sem prejuízo dos critérios de rendibilidade associados à demonstração da viabilidade económico-financeira das empresas.
  3. Promover a afetação da liquidez em ativos turísticos em respeito por um limite máximo indicativo de 5 M€ por investimento e pela efetiva necessidade de financiamento da empresa, contribuindo assim para promover a sustentabilidade do negócio de um maior número de empresas.
  4. Promover a rotação da carteira através do incentivo ao desinvestimento decorrente do exercício da opção de compra antecipada pelos arrendatários, bem como mediante colocação no mercado dos imóveis devolutos em carteira, contribuindo, assim, para o estabelecimento de novas operações com novas empresas.
  5. Acompanhar, de forma proactiva e próxima, o desenvolvimento da atividade das empresas arrendatárias, apoiando-as, nomeadamente, no sentido de prevenir o risco de incumprimento no pagamento das rendas aos fundos sob gestão.
  6. Garantir uma rendibilidade do património imobiliário dos fundos sob gestão, num nível condizente com as suas políticas de investimento.
  7. Promover a valorização contínua da unidade de participação dos fundos sob gestão.

A Turismo Fundos tem como acionistas:

partilhar